domingo, 6 de maio de 2018

Brasil conquista seis medalhas em Marrakesh


Por Givaldo Batista/Marrakesh – O Brasil estreou muito bem na Gymnasiade 2018, que está sendo disputada no Marrocos.  A delegação conquistou no primeiro dia de competição seis medalhas, sendo uma de ouro, três pratas e duas de bronze, nas modalidades de lutas, judô e karatê e no atletismo, respectivamente.

O primeiro ouro brasileiro veio da judoca Leticia Menino, 16 anos, aluna da Escola Estadual Teotônio Vilela (MS), que venceu na categoria -40kg. No masculino, o atleta escolar Yuri dos Santos, do Santa Mônica Centro Educacional (RJ), conquistou a prata na categoria -50kg masculino. Teve medalha de segundo lugar também para o judoca escolar Arthur Mesquita, do Colégio Rio Branco Objetivo do Distrito Federal, na categoria -60kg.

No karatê, quem conquistou o bronze na categoria kumitê foram os caratecas José Augusto Neto na categoria – 76kg e Anna Prezzoti na categoria +58kg. As chances do ouro na modalidade também são grandes. Dos 15 atletas participantes, 12 disputam medalhas neste sábado (05), sendo: cinco medalhas de ouro e sete medalhas de bronze. 

Atletismo - No atletismo, o Brasil conseguiu uma medalha no primeiro dia de provas no lançamento do dardo com o atleta Guilherme Soares da EMEF Campos Sales (SP). O atleta conquistou a medalha de prata superando o seu recorde pessoal com a marca 69.09 metros.

Mas o dia em Marrakesh teve também ginástica aeróbica, natação, xadrez, ginástica artística e rítmica que, tem chances de conquistar mais uma medalha para o Brasil na segunda apresentação do conjunto, formado pelas atletas escolares Ariane Pires, Letícia Lascoski, Maria Eduarda Azevedo, Nicole Silva, Rafaela Dudek e, como treinadora, Valdenize Chunhago. O individual, capitaneado por Gizela Batista, também está na disputa. No segundo dia de competições, teve estreia da Luta Olímpica, do Taekwondo e da Natação.

Nenhum comentário: