sexta-feira, 27 de julho de 2018

ACDS REALIZA TORNEIO DA SEDE NESTE DOMINGO

A Associação dos Cronistas Desportivos de Sergipe, realizará neste domingo (29), a partir das 9 horas, na sede da ACDS, localizada no Complexo Lourival Baptista, o 1º Torneio da Sede, em comemoração ao 69º aniversário da instituição. Paralelamente, os cronistas participarão de um social estilo americano, onde cada um leva algo para o consumo que somado a outros fará com que, o evento se estenda durante o dia.

De acordo com o presidente da ACDS, radialista e jornalista Adel Ribeiro, a ideia é fazer que a cronica possa se reunir em caráter festivo para cria unidade na categoria. “Nós cronistas só nos encontramos nas jornadas esportivas. Precisamos ficar mais próximos um do outro e foi com esse pensamento, que a diretoria decidiu realizar mais um encontro com um torneio na sede de nossa entidade envolvendo o sinuca, dominó, dama e futebol de mesa, associado ao evento social”, destacou o dirigente.

A ACDS foi fundada em 1º de Agosto de 1949, e por ela passou gestões comandadas por expoentes da cronica esportiva sergipana como: Jurandir Santos (in memorian), Gilson Rolemberg (in memorian), Carlos Rodrigues (in memorian), Paulo Lacerda, Jailton Santana, Jorge Araújo, Leó Filho, George Magalhães, Hermínio Matos e Roberto Silva, hoje conselheiro titular da Associação Brasileira de Cronistas Esportivos – Abrace. Pessoas como José Eugênio de Jesus (in memorian), Dr. Carlos Alberto Garcia Leite, José Carlos Negaço e o professor Geraldo Chagas Ramos, sempre deram forte colaboração, no suporte jurídico, esportivo e social, respectivamente.

A renovação faz parte da existência de qualquer seguimento. No ano passado a categoria optou por mudanças e elegeu uma nova diretoria que tem em seu bojo comunicadores esportivos como: Adel Ribeiro, Biel Sobral, Beto Silveira, Ivanilson Martins, Guilherme Fraga, Sérgio Dória, Marcos Jerfeson, Jessé Morais, Elder Santos, Fábio Teles, Adriana Menezes, Aloísio Andrade, entre outros renomados, para tocar uma nova administração, que vem trazendo consigo a proposta de fortalecer à categoria no seu dia a dia.

A vida do cronista não é coisa fácil como alguns pensam. Existem profissionais que são verdadeiros baluartes, que muitas das vezes não recebem remuneração, somente pelo gostar do que faz. Uns tem um emprego paralelamente, outros não. “Quando assumimos encontramos apenas três equipes na capital em atividade, hoje são cinco, sendo três AM's e duas FM's, sem contar com as web's, live's, sites e blogs. Nos contatos com o interior sentimos que anda fluindo bem. A nossa cronica entendeu a proposta da nova diretoria e vem colaborando com nosso planejamento”, explicou Ribeiro.

Os parceiros também fazem parte do nosso evento. Além do cronista, a Pro Sport cedeu parte da premiação e o Bar e Restaurante do Itabaiana colaborou com mesas e cadeiras. 

Nenhum comentário: