sexta-feira, 20 de julho de 2018

CLÁUDIO FRANCISCO DEIXA ABRITRAGEM

Na vida existem o começo, o meio e o fim. O fim está chegando para um dos grandes profissionais da arbitragem sergipana. Contestado em alguns momentos e elogiado em outros. Afinal esse é um drama que vive um árbitro de futebol. O apito será guardado, os momentos recordados um ou outro dia, mas, o importante é saber que o dever foi cumprido. Cláudio Francisco Lima e Silva está se despedido da arbitragem sergipana e brasileira, depois de quinze anos de militância na carreira que começou em 2003.

A editoria do Blog Em Cima do Lance recebeu com surpresa à decisão adotada pelo 'grandalhão" da arbitragem brasileira, Cláudio Francisco Lima e Silva, que aproveita para transmitir na integra em carta enviada.

O dia em que um começo teve fim...
O despertar de um sonho sempre vem acompanhado de imaginações e força para conseguir o que tanto é almejado. Somos motivados internamente para seguir padrões e normas e atingir o objetivo. Estes que podem ser grandes, pequenos, satisfatórios ou esplendorosos. Me pergunto, onde cheguei? Onde poderia chegar? 

A resposta está onde Deus permitiu, e a Ele sou grato por cada momento vivido nesses 15 anos dentro da arbitragem sergipana e brasileira. Abri mão de várias outras coisas em prol do sonho acima citado. Me vi única e exclusivamente para ser árbitro. Cheguei longe, quase no topo e não posso deixar de agradecer a Deus por todos os lugares que percorri, visitei, conheci. Fiz inúmeras amizades, conheci pessoas, me apaixonei, vivi romances, fui feliz, fiquei triste, me alegrei, como também quase entrei em depressão. Esse mix de sentimentos e a incerteza do amanhã, foram combustíveis na minha vida nesse período. Fiz grandes jogos, como errei também, nunca fui unanimidade, mas ganhei respeito por onde passei. 

Poderia agradecer individualmente a quem me fez tornar maior, crescer, aprender com os equívocos, e respeitar a obrigação de acertar. Mas hoje, somente me despeço daquilo que me ajudou a ser uma pessoa melhor, ARBITRAGEM. Aqui aprendemos a ser corretos, imparciais, disciplinados e até mesmo frio nos nossos relacionamentos. Por aqui me aproximei mais de Deus, e ao Senhor está entregue meu futuro. O que farei a partir de agora? Tentar resgatar tudo que deixei pela metade, os fins de semana que passei longe dos amigos, da minha família. QUERO RENASCER PRA VIDA, acreditar nos meus novos projetos, nesse renascimento. Saio pela porta da frente, de cabeça erguida, sabendo onde poderia chegar e com a certeza do potencial que alcancei, entrando pra história do meu estado, sendo um dos melhores árbitros do país!

Obrigado ARBITRAGEM,
15 anos de amor

Cláudio Francisco Lima e Silva
Árbitro FSF 2003
Árbitro CBF-2 2007-2009
Árbitro CBF-1 2009-2012
Árbitro Aspirante FIFA 2012
Árbitro Especial 2012-2017
Árbitro Elite A/B 2017-2018
Mais de 500 jogos profissionais.”

Bom sorte em sua nova trajetória de vida Cláudio Francisco e o futebol sergipano e brasileiro agradecem pelos relevantes serviços prestados. Esse é o desejo o Blog Em Cima do Lance.

Foto 1 - Bocão News
Foto 2 - Revista Esportiva

Nenhum comentário: