quinta-feira, 23 de março de 2017

DRAGÃO FARÁ APRONTO

Confiança fará treino apronto nesta tarde. Clube azulino precisa da vitória para se reabilitar no Campeonato Sergipano, na fase Hexagonal. Meia Diogo pode ser uma baixa para o encontro deste sábado no Brejeirão, pela quarta rodada do Hexagonal, contra o Amadense.



O pensamento do grupo comandado pelo treinador Leandro Sena não poderia ser outro, a não ser uma vitória. Tem que vencer se quiser almejar uma reabilitação no Hexagonal Semifinal do Sergipão GBarbosa e brigar pela classificação à fase final da competição promovida pela Federação Sergipana de Futebol.



Diogo é dúvida para o jogo. (Divulgação).
O meia Diogo, titular na formação do quadrado de meio proletário, pode se tornar ausente no encontro diante o Leão do Rio Real. O Atleta será submetido a exame para saber da gravidade relacionada as dores que vem sentido no adutor da coxa. Jailton pode ser o substituto na posição. Diogo está afastado dos treinos, fato que acontece também, com o zagueiro Matheus Salustiano (joelho) e o atacante Thiago Silvy (calcanhar).



Na programação da semana consta a viagem para Tobias Barreto, como sendo na noite desta sexta-feira (24), após o jantar, quando comissão e jogadores pernoitarão na cidade que será realizado o encontro, válido pela quarta rodada da da segunda fase da competição.

SERGIPE E ITABAIANA NA PRÓXIMA FASE DO NORDESTÃO

Sergipe se classificou mesmo perdendo para o Vitória (CSS).
A noite da última quarta-feira (22), ficou na memória dos sergipanos, em especial, os torcedores de Sergipe e Itabaiana pela classificação dos dois representantes sergipanos na fase de grupos do Campeonato do Nordeste. Na capital, apesar da derrota, por 2 a 1, para o Vitória/BA, os Colorados avançaram, porque em Maceió os Tricolores jogaram com o regulamento e terminaram empatados, sem abertura de contagem, atuando contra o CRB/AL.

Mesmo atuando em grupos diferentes no torneio regional, uma equipe sergipana acabou colaborando com a classificação da outra. O resultado do Itabaiana, no Grupo D, quando empatou com a equipe do CRB, 0x0, não permitiu que o adversário chegasse aos 11 pontos e com 9 pontos acabou por ser desclassificado.

Tricolor garantiu o empate e classificação no Rei Pelé.(Foto:GloboEsporte)
A desclassificação do representante alagoano, somada ao Fortaleza, que perdeu para o Bahia, ficando com 8 pontos, e perdendo a chance de conseguir o avanço à fase seguinte da competição. Esse encontro de resultados, deu direito ao Sergipe, com 10 pontos, e mesmo com a derrota para o time do Vitória, por 2 a 1, na Arena Batistão, em se manter na competição e também, avançar às quartas de final.

Tal fato se tornou inédito para o futebol sergipano, por se tratar de uma competição, na atualidade, nacional. O Itabaiana no passado já havia conquistado um vice-campeonato do Nordeste, à época conhecido como Nordestão. Já o Sergipe, em 2000 conseguiu um belo feito, ficou na terceira colocação da competição que tinha outra forma de disputa e era gerida pela Liga do Nordeste.

A competição com as eliminações de clubes dos estados do Maranhão (Moto Club), Alagoas (CSA e CRB), Rio Grande do Norte (ABC e América) e Ceará (Uniclinic e Fortaleza), ficou assim a representação na próxima fase: Bahia - 2 (Bahia e Vitória); Pernambuco - 2 (Sport e Santa Cruz); Sergipe - 2 (Sergipe e Itabaiana); Piauí - 1 (River); e Paraíba - 1 (Campinense).

quarta-feira, 22 de março de 2017

TRICOLOR AGUARDA JOGO DA CLASSIFICAÇÃO

Goleiros Weide Andrade e Genivaldo. (Arquivo Pessoal).
Uma noite que pode ficar na memória dos tricolores. A delegação do Itabaiana já se encontra em Maceió aguardo a partida contra o CRB/AL, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato do Nordeste.

O Tricolor enfrenta nesta quarta-feira (22), o CRB de Alagoas, a partir das 21:45, no Rei Pelé, e precisa de no mínimo um empate para garantir sua participação na segunda fase da competição promovida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Confira a lista dos atletas relacionados

Goleiros: Genivaldo e Weide Andrade;
Laterais: Magno, Janilson Madona, Edinho e Ney Maruim;
Zagueiros: Heverton, Alexandre, Tiago Garça e Huguinho;
Volantes: Daniel Paraíba, Zaquel e Mika;Meias: André Beleza e Pedro Pires;
Atacantes: Paulinho Macaíba, Diego Neves, Geovane, Thomas Anderson e Daniel Tavares.

VITÓRIA PRONTO ENFRENTA SERGIPE

Treino fechado na Toca do Leão é sinônimo de escalação divulgada antecipadamente. E assim ocorreu nesta terça-feira. Na véspera da última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste, o Rubro-Negro fez a última atividade nesta manhã e, antes mesmo do fim dela, os 11 titulares para enfrentar o Sergipe, em Aracaju, já estavam divulgados. 
Vitória treina com portões fechados. (Divulgação)
A novidade no time será a presença de Geferson na vaga de Euller. O Vitória irá a campo com: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Alan Costa e Geferson; Willians Farias, José Welison, Cleiton Xavier e Gabriel Xavier; David e Kieza.

No treinamento, Argel fez inicialmente um trabalho tático em campo reduzido. Na sequência, o treinador orientou os atletas em jogadas de bola parada. Os jornalistas tiveram aceso somente aos primeiros 15 minutos da atividade. 

Para garantir classificação para as quartas de final da Copa do Nordeste, basta ao Vitória um empate com o Sergipe. O técnico Argel Fucks, entretanto, quer o triunfo para conseguir a classificação como 1º do grupo. O Leão pode até se classificar em caso de derrota, mas, nesse caso, precisará ficar de olho em outros resultados.  

Sergipe e Vitória se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília), no estádio Batistão.
 
Fonte: GE.com/Bahia

SERGIPE PRONTO NA BUSCA PELA VITÓRIA

Treino foi realizadocom portões fechados. (CSS).
Tudo pronto e agora é só buscar o resultado. O Sergipe concluiu a programação e defenderá um resultado positivo com a finalidade de avançar no Campeonato do Nordeste, na noite desta quarta-feira (22), na Arena Batistão, diante o Vitória/BA.

Na tarde de ontem, no João Hora, o treinador Betinho, demais componentes da comissão técnica e elenco, estiveram realizando o apronto, com portões fechados, visando o encontro desta noite, quando precisará de pelo menos um empate para garantir classificação à fase seguinte do torneio regional.

Para o jogo, duas baixas foram registradas, além do meia Lelê, que não atuará mais na competição. O volante Gil Baiano, operado e que vem na recuperação com sessões de fisioterapia, e o meia Gabriel Cajano, que sentiu a musculatura da coxa e não se encontra treinando.

O comandante técnico do colorado da capital pode até manter a mesma formação que empatou no clássico contra o Confiança e que esteve aplicada no decorrer da partida. Ferreira, Carlos Henrique, Jonas, Carlos Alexandre e Vicente; Ramalho, Elton Luiz, Calyson e Felipe Ribeiro; Fabiano Tanque e Hiago.

Relacionados para o Jogo

Goleiros: Ferreira e João Ricardo;
Zagueiros: Alexandre, Jonas, Jairo e Júnior;
Laterais: Vicente, Carlos Henrique, Max e Sorriso;
Volantes: Ramalho, Welton Heleno, Elton e Bruno Henrique;
Meias: Filipe, Calyson e Mateuzinho;
Atacantes: Hiago, Fabiano e Quirino.

Ingressos

Um carga aproximada de 10 mil ingressos foi vendida nas últimas 48 horas. Uma boa partida e que chama atenção do torcedor sergipano, em especial, os alvirrubros, somada a promoção feita pela diretoria do clube, fez, com que, existisse uma procura em massa, nas bilheterias do João Hora de Oliveira.

VOLANTE DO FREI PAULISTANO SE DESTACA NO SERGIPÃO

Sem sombra de dúvidas vem sendo um dos destaques da equipe do Frei Paulistano no Campeonato Sergipano da Série A1. O volante Vitor Garcia, tem 23 anos, 1,84m, é natural de Salgado/SE, mas teve toda sua base feita no futebol baiano nas equipes do Galícia e Vitória. O atleta teve passagem pela Ponte Preta/SP.

No início do Estadual, o volante Vitor Garcia não fez sua estreia motivado por um pequeno impasse na sua regularização, fato que deixava o atleta preocupado e ansioso para estrear pelo Frei Paulistano. Treinou como titular em algumas ocasiões, mas quando chegava a hora da escala, nada.

Com Wallace (2), Vitor Garcia (5)  faz a cabeça da área do Touro.
Foi quando o experiente técnico Edmilson Santos, assumiu o comando do Touro do Agreste, que tudo começou a clarear para o jovem. Após sua regularização não demorou muito para Vitor Garcia segurar a camisa 5 do Touro do Agreste e sequenciar na escala titular.

Forte na marcação e com um futebol clássico, teve como obrigação no jogo contra o Confiança, na estreia do Hexagonal Semifinal, de marcar o meia Everton Santos, que nada conseguiu fazer motivado pela marcação serrada do jovem volante, seguindo à risca a determinação do treinador. O encontro terminou empatado, 1 a 1. O atleta continua pontuando na visão de quem analisa o futebol, como o radialista e comentarista da TV Atalaia Rivaldo Sobral, na partida contra o Itabaiana, no último sábado.

Trajetória
Vitor Garcia.

Tudo começou quando Vitor Garcia tinha 14 anos e foi descoberto numa peneira pelo quadro do Galícia. Em seguida foi para o Vitória, clube que teve oportunidade de ampliar seus conhecimentos técnicos e táticos, inclusive participando em competição internacional.

Com 17, o salgadense do povoado São Bento, teve sua base contratual negociada com o Fluminense de Feira de Santana. Não demorou muito e logo vestiu a camisa da Ponte Preta/SP, sendo que, seu último clube foi o Quirinópolis/GO.

terça-feira, 21 de março de 2017

CONFIANÇA INICIA PREPARAÇÃO VISANDO AMADENSE

O grupo do Confiança começou na manhã desta terça-feira (21), os preparativos visando o encontro diante do vice-líder do Hexagonal do Sergipão 2017, a equipe do Amadense. O confronto entre as duas equipes acontece na tarde do próximo sábado (25), a partir das 15:30.

Após disputar seis pontos em dois clássicos e somar apenas um, o que resta é correr atrás do prejuízo. Os comandados de Leandro Sena estiveram realizando na manhã de hoje, treinamento de fortalecimento físico e preventivo. Pela tarde haverá folga e somente amanhã, é que vão treinar em tempo integral.

Duas situações que o Dragão terá que encarar. A primeira o adversário, que cresceu muito no hexagonal chegando a vencer o Sergipe, na estreia da segunda fase do Sergipão. A outra será o campo de jogo, que para aqueles que não tem costume vai se tornar mais difícil o dominar da bola.

Everton Santos
Sobre o hexagonal, meia Everton Santos, ressalta que nada está definido. "Das equipes que estão disputando o hexagonal, a que se encontra na zona de conforto é o Itabaiana, mas mesmo assim, não está garantida sua classificação. Faltam sete partidas e muita coisa pode mudar. Temos que pontuar e vencer os jogos para encostar no líder", otimizou o meia.