sexta-feira, 19 de maio de 2017

ISF aprova a cidade de Aracaju como sede do Mundial Escolar de Triathlon

Como vice-presidente da International School Sport Federation (ISF) e presidente em exercício da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBD), Robson Aguiar, esteve em Aracaju, para uma última visita técnica, vistoria e avaliação da capacidade da cidade, em receber as provas do Mundial Escolar de Triáthlon.

Robson visitou autoridades locais, verificou nos hotéis a capacidade e a qualidade da hospedagem, que será dispensada aos mais de 200 participantes da competição, que estarão em Aracaju entre os dias 6 e 12 de junho, além de conhecer o percurso da competição e o local onde serão disputadas as provas aquáticas.

-    Fizemos as últimas vistorias para aprovação da cidade, uma vez que já estamos próximos da competição, que começa no dia 6 de junho. Fizemos os últimos ajustes e é com muita alegria, que tenho a dizer que a cidade está aprovada, pois reúne as condições necessárias para receber um evento desse porte, informou Robson Aguiar.

Como o Brasil é o anfitrião, haverá a presença de grandes nomes do esporte e uma delegação significativa aqui em Aracaju. É o que garante o vice-presidente da ISF, Robson Aguiar. 

- Nós fizemos uma parceria com a Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri), para tentarmos trazer os melhores atletas da competição em nível escolar, que vai dos 15 aos 17 anos, para representar o Brasil. E por sermos sede, passamos a ter direito a duas equipes, o que nos dá ótimas chances de conquistas nesse mundial", destacou o vice-presidente da ISF, Robson Aguiar, que esteve em Aracaju para uma última vistoria antes da realização do evento.

Os secretários Jorge Araújo e Antônio Hora acompanharam o vice-presidente nessa vistoria, na quarta-feira, 17, que terminou em uma reunião, na sede da Superintendência Municipal de Trânsito (SMTT), com o superintendente Aristóteles Fernandes.

O último mundial foi realizado em maio de 2015, nos jardins do Palácio de Versailles, na França, o Brasil conquistou medalha de bronze, na categoria seleção mista 1999/2000. Este ano, a perspectiva é que o Brasil conquiste resultados mais significativos, consolidando-se como uma potência no desporto escolar, também nessa modalidade.

Nenhum comentário: