domingo, 30 de maio de 2021

Brasileirão: Dragão estreia com vitória sobre Raposa Mineira na Série B

 

Marcelinho entrou bem no jogo e movimentou o ataque. (Fotos: Emanuel Rocha)

Uma estreia marcante para o Confiança na tarde/noite deste sábado. O Dragão venceu o Cruzeiro-MG e mantem a escrita sobre o adversário no jogo estreia do Campeonato Brasileiro da Série B, na Arena Batistão, num placar que poderia ser ampliado se não fosse a falta de entrosamento e finalizações dos comandados do treinador Rodrigo Santana, aniversariante do dia. Neto Berola, Cristiano e Daniel Penha, fizeram os números do painel do “Colosso da Praia”, enquanto Guilherme Bissoli descontou para os mineiros na vitória proletária por 3 a 1. Com o resultado, o clube do Sabino Ribeiro assume à liderança da competição.

Um jogo que parecia ser difícil, mas que, aos poucos foi se transformando num resultado surpreendente, para uma equipe que não havia realizado nenhum amistoso, diferente do Cruzeiro, que na intertemporada conseguiu fazer dois encontros preparatórios visando a estreia na segunda divisão brasileira, na Arena Batistão, na capital sergipana.

As duas agremiações tinham um histórico equilibrado em seus estaduais. As duas equipes esbarraram na fase semifinal da principal competição de seus estados. Nos confrontos, as duas equipes havia se enfrentado quatro vezes, com a vitória do alvianil, na tarde deste sábado, 29, ficou tudo igual. Cinco jogos, duas vitórias para cada lado e um empate.

O Jogo

Na primeira etapa do encontro, o jogo apresentava uma característica aberta, o tal “lá e cá”, mas foi o Confiança que chegou primeiro ao gol. Depois de algumas tentativas e revés, o meia-atacante Willians Santana, sem cacoete para homem de área, teve que sair dela e criar. Aos tinta e dois minutos, o camisa nove proletário enfiou uma bola para o meia-atacante Neto Berola, que acabou derrubado pelo goleiro cruzeirense Fábio. Cartão amarelo para o arqueiro da raposa e o próprio Neto Berola foi para a cobrança, abrindo o marcado na cobrança do penal.

O encontro foi se tornando mais fácil para o Dragão, que viu o adversário perder forças, quando após cometer falta no meia-atacante Luidy, o volante Adriano, que já tinha cartão amarelo, foi expulso do campo de jogo. Daí pra frente só restava aos comandados de Rodrigo Santana tirarem proveito da situação. Na sequência, um lance de ataque do Confiança, o goleiro do Cruzeiro acabou saindo demais da área e tocando a bola com a mão e como já tinha amarelo, pelo pênalti, acabou sendo expulso. Final da primeira fase, proletários 1 a 0.

O Cruzeiro até que tentou, mas esbarrou na zaga azulina.

 

Os dois clubes retornaram para a fase complementar. A essa altura, o Cruzeiro já tinha realizada a sua primeira alteração, com a expulsão do goleiro Fábio, obrigando o treinador Felipe Conceição, tirar o seu principal homem de ataque, Rafael Sóbis, para a inserção do goleiro reserva Lucas França. Mesmo com superioridade numérica, o Dragão não conseguia se encontrar, obrigando o comandante azulino realizar três alterações de uma só vez, entrando, o ala direita Marcelinho, o volante Bruno Sena e o atacante Cristiano, nos lugares de Luidy, Gilberto e Willians Santana.

Com as modificações no quadro sergipano e uma única realizada pelos visitantes, saindo Ailton, para a entrada do jovem Guilherme Bissoli, responsável pelo gol de empate do Cruzeiro, numa cobrança de escanteio. Os proletários correram atrás do prejuízo e chegaram ao desempate somente aos vinte sete minutos. O ala esquerda João Paulo Purcino, foi lançado pelo meia Álvaro, que entrava no lugar do volante Serginho, esse tocou para o centro da área, pegando o atacante Cristiano, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo do arco defendido por Lucas França. Dragão 2 a 1.

O clube da zona norte da capital sergipana precisava marcar mais um para ficar tranquilo e consumar a vitória na estreia da segunda divisão brasileira. O atacante Cristiano conseguiu colocar uma bola, que caprichosamente bateu no “pé” da trave esquerda do goleiro Lucas França. Mas, foi aos trinta e quatro minutos, numa recuperação de bola pelo meia Álvaro, esse tocou para Cristiano, que abriu para a direita na entrada do ala Marcelinho, na área servindo ao meia estreante Daniel Penha, fazendo 3 x 1 Confiança.

Próxima Rodada

Os proletários só retornam aos trabalhos nesta segunda-feira, visando o Goiás, na próxima sexta-feira, 04, no Hailé Pinheiro, em Goiânia. Já o Cruzeiro retorna para Belo Horizonte, para se preparar, tendo como próximo adversário o CRB-AL, na noite do próximo domingo, 06, no Mineirão, em BH.

Ficha Técnica

CONFIANÇA – Rafael Santos, Leandro Silva, Nery Bareiro, Victor Salinas e João Paulo Purcino; Gilberto (Bruno Sena), Neto Berola (Lucas Barcelos), Serginho (Álvaro) e Daniel Penha; Willians Santana (Cristiano) e Luidy (Marcelinho). Técnico: Rodrigo Santana.

CRUZEIRO – Fábio, Cáceres, Joseph (Matheus Neris), Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Matheus Barbosa (Flávio), Romulo e Bruno José (Stênio); Airton (G. Bissoli) e Rafael Sóbis (Lucas França). Técnico: Felipe Conceição.

Cartão Amarelo

CONFIANÇA – Nery Bareiro, Serginho, Cristiano e o auxiliar Flávio Matheus.

CRUZEIRO – Fábio e Adriano, além de um componente da comissão técnica.

Cartão Vermelho

Cruzeiro – Adriano e Fábio.

Nenhum comentário: