quarta-feira, 19 de maio de 2021

Caso Kivel: Diretoria do Confiança emite Nota

A Associação Desportiva Confiança vem, por meio desta, esclarecer sobre a determinação judicial para reintegração do atleta Leandro Kivel ao elenco.

O clube não recebeu nenhuma intimação da justiça até o momento. Mas, assim que ocorrer, a determinação será cumprida.

O Confiança está seguro da sua razão, pois foi sempre pautado pelo departamento médico, na tomada de decisões em casos específicos. Todos os treinos do clube são filmados pelo setor de  análise de desempenho. Desta forma, todos os dados e comprovações de que ele estava apto para retornar a jogar serão devidamente anexados à defesa do clube.

Leandro Kivel é um idolo azulino. O clube reconhece e é grato por todo o trabalho prestado e histórias vividas ao longo desses anos. O atacante sofreu uma lesão no joelho durante o jogo contra o Itabaiana, no dia 10 de fevereiro de 2019. O atleta passou por cirurgia uma semana depois e iniciou imediatamente o tratamento e o recondicionamento para voltar aos campos em sua melhor forma. O clube dando pleno e total suporte, inclusive financeiro, visando a recuperação do atleta.

Em 2019, mesmo com Leandro Kivel lesionado, o presidente Hyago França fez questão de que ele recebesse a mesma premiação do acesso à série B  que os outros atletas que atuaram.

Durante a temporada 2020, o atacante tornou-se apto a jogar, foi relacionado para 11 jogos, atuando em seis deles. Na Copa do Nordeste, foi reserva contra o Bahia no dia 7 de março e contra o CRB no dia 14 de março. Na Série B, foi titular contra o Brasil de Pelotas no dia 30 de setembro, além de ter atuado nos jogos contra o Figueirense no dia 29 de agosto, Vitória no dia 01 de setembro (e marcou o único gol da partida), CSA no dia 5 de setembro, Avaí no dia 15 de setembro,  Ponte Preta no dia 27 de setembro e ter ficado no banco de reservas contra Guarani no dia 18 de setembro, Náutico no dia 3 de outubro e Chapecoense no dia 31 de outubro.

Leandro Kivel não foi dispensado do clube. O que de fato houve foi o encerramento do vínculo contratual, no final da temporada 2020, esse estendido até o fim da competição do Campeonato Brasileiro da Série B, assim como de outros atletas.

O Confiança sempre prestou total e irrestrito suporte a todos os atletas, principalmente aos que precisaram se submeter a cirurgia de qualquer natureza. O clube tem vários exemplos de atletas que precisaram se recuperar de procedimentos cirúrgicos, como André Moritz que lesionou o menisco do joelho no ano passado e precisou passar por cirurgia, voltando a jogar após 30 dias; e Jardel que passou por uma cirurgia no Ligamento Cruzado Anterior (LCA) e voltou aos campos após sete meses.

Atualmente, o elenco tem três atletas (Altemar, Vinicius Simon e Danilo Pires) que foram submetidos a procedimentos cirúrgicos e estão em tratamento junto ao departamento médico, em processo de recuperação e recondicionamento para retorno aos gramados. 

O departamento jurídico do clube irá providenciar a devida defesa, certos de que não faltamos em nenhum momento de honrar nossas obrigações com o atleta.

Da Associação Desportiva Confiança *

Nenhum comentário: