sábado, 5 de junho de 2021

Confiança perde primeira na Série B Brasileira

Um jogo cheio de falhas no sistema tático apresentado pela Associação Desportiva Confiança, na tarde deste sábado, 05, em partida válida pela segunda rodada do Brasileiro da Série B e com isso, o Dragão acabou amargando a primeira derrota na competição nacional, diante o Goiás, no Serrinha, em Goiânia. perdendo por 2 a 0. Os tentos da partida foram assinalados por Alef Manga e Bruno Mezenga.

João Paulo 
Os proletários não estiveram bem na partida e ainda, foram prejudicados pela arbitragem do cearense Adriano Barros Carneiro, que anulou um gol lícito, marcado pelo meia-atacante Luidy, nos primeiro minutos de jogo, quando a partida ainda, estava sem abertura de contagem. Houve também, um toque dentro da área praticado pelo defensor do quadro esmeraldino e mais uma vez os donos da casa foram beneficiados pela não marcação do pênalti, que seria mais uma vez para o Confiança e poderia mudar o rumo do encontro.

Além da atuação da arbitragem, que influenciou no resultado do jogo, o Confiança não se encontrava em campo, tendo como consequência os gols recebidos. O primeiro foi logo aos quinze minutos da fase inicial, com um chute potencializado e rasteiro efetuado pelo meia-atacante Alef Manga, engolido pelo arqueiro azulino, Rafael Santos, entrando no canto esquerdo. Final do primeiro tempo, 1 a 0 Goiás.

Willians Santana não conseguiu se livrar da marcação.


Os times retornavam para a segunda etapa de jogo e logo o treinador Rodrigo Santana fazia suas duas primeira alterações. Entraram, o volante Bruno Sena e o meia Álvaro, para as saídas dos volantes Gilberto e Serginho, respectivamente. As duas alterações surtiram efeitos no sistema de marcação da equipe e melhorou na criação, mas não o suficiente para mudar o resultado do jogo, que se complicou com um vacilo do arqueiro Rafael Santos, quando na "quebrada" da bola, essa pegou no pé direito do atacante Bruno Mezenga, e foi em direção do arco azulino decretando a ampliação no placar em desfavor da agremiação sergipana, isso aos seis minutos, Goiás fazia 2 a 0, resultado que se estendeu até o término da partida.

Mesmo realizando mais três modificações, o Confiança não conseguiu reagir suficiente no jogo para chegar a igualdade no marcador. Saíram: João Paulo (lesionado), para a entrada de Luciano Juba; Neto Berola, inserido Marcelinho e Willians Santana entrando o jovem Cristiano. Final 2 a 0 Goiás.

Com o resultado, o Dragão desceu a ladeira, saindo da segunda posição para um sexto lugar, com os mesmo três pontos adquiridos na estreia da Série B, diante o Cruzeiro.

Ficha Técnica

GOIÁS: Tadeu, Apodi, David Duarte, Reynaldo e Hugo (Resende); Caio Vinícius, Diego (Luan Dias), Breno (Jefferson) e Elvis; Bruno Mezenga (Dadá Belmonte) e Alef Manga. Téc.: Pintado.

CONFIANÇA: Rafael Santos, Leandro Silva, Nery Bareiro, Victor Salinas e João Paulo (Luciano Juba); Gilberto (Bruno Sena), Neto Berola (Marcelinho), Serginho (Álvaro) e Daniel Penha; Willians Santana (Cristino) e Luidy. Téc.: Rodrigo Penha.

Cartão Amarelo

Goiás: Hugo e o treinador Pintado

Confiança: Nery Bareiro, Victor Salinas, Neto Berola e o massoterapeuta Eraldinho Souza.

Arbitragem

Adriano Barros Carneiro (CE), Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Eleutério Felipe Marques (CE).  


Fotos: Lucas Almeida/Ascom ADC*

Um comentário:

Bobby Milk disse...

Rafael Santos precisa de uma sombra, erra muito e sabe que não tem substituto. Leandro fraco no apoio e marca mal. Gilberto e Serginho são bons reservas,e não podem jogar juntos. Berola só aguenta 60 min. Luís cisca muito, produz muito pouco. Vamos aguardar as atuações do Alex Henrique. Mais um ano de sufoco. Melhoramos o miolo de zaga e perdemos qualidade nos outros setores.