sexta-feira, 2 de julho de 2021

Jogos Universitários de Praia 2021 começam em Aracaju neste domingo

Evento terá início neste domingo


Sem a presença de público e cercado de todos os cuidados sanitários por causa da pandemia da covid-19, começam neste domingo (4), em Aracaju, os Jogos Universitários de Praia - 2021 (JUBs de Praia), competição promovida pela Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU), Federação Atlética de Estudantes em Sergipe (Faes), com apoio do Governo do Estado, por meio da Superintendência Especial de Esportes (Supee). 

As disputas das 10 modalidades acontecem na superarena montada na Praia da Atalaia, nas proximidades do bairro Coroa do Meio. Os jogos acontecem entre os dias 5 e 10 de julho. A competição contará com o envolvimento de quase 700 pessoas, entre atletas, técnicos e dirigentes de 20 estados brasileiros.  São ao todo 450 atletas, 127 técnicos, 59 dirigentes, 64 árbitros, 28 integrantes staffs e 37 membros da organização, totalizando 694 pessoas envolvidas.

Estarão em disputa 10 modalidades dos esportes praianos que são: basquete 3X3, beach soccer, beach hand, futevôlei, beach tennis, vôlei de praia, air badminton, beach wrestling, cross trainning e vôlei 4x4 misto. As últimas quatro modalidades serão de apresentação.

Protocolos de segurança

A CBDU, juntamente com os demais organizadores da competição, tomará todas as medidas protocolares. A competição não terá a presença de público, e todos os participantes serão submetidos a testes de RT-PCR. Além disso, o uso de máscaras será obrigatório, exceto para os atletas no momento da disputa, e todos os ambientes terão disponíveis totens com álcool em gel.

Assim que as equipes chegarem a Aracaju, por via aérea ou terrestre, os atletas serão levados para o centro de triagem para fazerem o teste de covid. Com resultado negativo, seguem para fazer o credenciamento. O clima será de total segurança e muita alegria. Os participantes serão monitorados desde a chegada a Aracaju até sua cidade de origem.

“A felicidade é enorme. Nós entendemos a gravidade da pandemia, mas entendemos também que as coisas precisam voltar, retornar suas atividades e que, além disso, o esporte é saúde, vida;  e nós estaremos promovendo isso para esse público especial, que são os universitários. São pessoas que estão se inserindo no mercado de trabalho e têm uma atividade esportiva ativa, o que traz equilíbrio para suas vidas”, lembrou Mariana Dantas, superintendente especial de Esportes.

Mariana destacou ainda os benefícios que uma competição desse porte traz para o Estado. “Além de promover saúde, fomentaremos também o turismo, seguindo todos os protocolos, para evitar a disseminação da covid-19. Tudo alinhado com a Secretaria de Saúde e Vigilância Sanitária, além de contar com a expertise da Confederação de Desporto Universitário CBDU, que já vem realizando alguns eventos esportivos no país. Então, as expectativas são as melhores possíveis. Convém lembrar que todas as pessoas que participarão do evento serão testadas”, concluiu Mariana Dantas.

Da Assessoria*

Nenhum comentário: