sexta-feira, 30 de junho de 2017

FSF REALIZA VISTORIAS EM ESTÁDIOS

A Federação Sergipana de Futebol (FSF), iniciou vistorias nos estádio que terão clubes participando do Campeonato Sergipano da Série A2. O Rosendão, em Rosário do Catete, foi um dos visitados pela equipe comandada pelo presidente Milton Dantas, da FSF.
O pensamento da Federação é ter praças que possam atender os requisitos que possam corresponder aos critérios de segurança e estrutura para inserir na competição. Condições da praça esportiva relacionadas ao gramado, banheiros, cabines para imprensa, iluminação, arquibancadas. Tudo que possa oferecer comodidade aos torcedores, jogadores, comissão técnico e imprensa.

Ter estádios com laudos aprovados de Engenharia, Corpo de Bombeiros, Policia Militar e Vigilância Sanitária é um dos principais requisitos apresentados pela Federação Sergipana de Futebol (FSF), para que uma equipe se credencie a disputar o Campeonato Sergipano da Divisão A2. 

Apesar das exigências feitas pela FSF, muitas das vezes na prática não é correspondida. A exemplo de clubes que acenderam e não ofereceram o mínimo das condições cobradas, como foi o caso do Botafogo de Cristinápolis. Na Série A2 atuou no Estádio Geraldão, em seu município origem. O alvinegro se classificou para a divisão especial e quando foi disputar o Sergipano deste ano, fez seus jogos no Estádio Francão, em Estância, pela falta de estrutura apresentada, principalmente, no gramado.

E conforme ficou definido esta semana, na reunião com os dirigentes das equipes interessados na disputa da competição oficial, a FSF iniciou nesta quinta-feira, 29, a vistoria nos estádios de futebol do interior sergipano.

As visitas iniciais foram realizadas aos estádios das cidades de Rosário do Catete e Aquidabã. O presidente Milton Dantas, esteve acompanhado de Diogo Andrade, diretor técnico da entidade.

Os primeiros estádios visitados nesta quinta-feira foram o Resendão, em Rosário do Catete, o Manecão, na cidade de Aquidabã. Na vistoria ao Manecão, a comitiva contou com o apoio de representantes do Corpo de Bombeiros do Estado.


O diretor técnico da FSF, Diogo Andrade, fez uma avaliação do que foi visto nessas praças de esportes, visitadas pelos dirigentes da FSF. Para Diogo Andrade, o Resendão se apresenta com um gramado em razoáveis condições para a prática do futebol, pintura interna muito boa, vestiários em boas condições, precisando de algumas melhorias, a serem feitas nos vestiários da arbitragem. As cabines de imprensa em boas condições e banheiros necessitando de rampas para deficientes.

Com informações da FSF

Nenhum comentário: