sábado, 27 de junho de 2020

MENDONÇA VÊ CONDIÇÕES DIFÍCEIS NO TRICOLOR

Na noite desta sexta-feira (26), o
presidente em exercício do Itabaiana, Wilson Mendonça, informou numa entrevista em rede social, que a primeira etapa dos trabalhos tem como finalidade buscar documentos e informações sobre a gestão do presidente do clube serrano, afastado, no último dia 15 deste mês, o advogado Alberto Nogueira.

Segundo Mendonça nenhuma conta foi prestada pelo gestor afastado e que o Conselho de Administração vai aguardar até o dia 30 de junho, num encontro com o presidente afastado Alberto Nogueira. "Estaremos aguardando as informações necessárias para sabermos como se encontra o clube e só com os documentos teremos os fatos esclarecidos. Alguns adiantamentos foram feitos por parceiros do clube, incluindo o aluguel", informou o presidente em exercício do Tremendão.

Outra situação, é as condições encontradas no Centro de Treinamento do clube que se encontra em estado de abandono, adiantando o gestor que um encontro com o prefeito de Itabaiana, Valmir de Francisquinho, está sendo  viabilizado com o objetivo de realizar ações de melhor no CT. "Com as chuvas, a grama se encontra bastante alta e sem condições alguma de treino. Enquanto não resolvemos essa situação e as finanças do clube, não vamos convocar o elenco para os treinos", disse Mendonça.

Atualmente, quatro atletas não revelados, tem contrato com o Tricolor Serrano. Por outro lado, mais de 30 carteiras de trabalhos mostram vínculos com o clube. Só saberá toda a situação do Itabaiana com documentos que serão avaliados pelo Conselho, que dividiu em comissões para o devido levantamento, enquanto não acontece a revelação por parte do presidente afastado Alberto Nogueira, que diferente do restante da diretoria, não renunciou o cargo.

Sem resolver o impasse, o Itabaiana não tem interesse no reinício do Campeonato Estadual, por isso, o gestor interino sugeriu que a competição promovida pela Federação Sergipana de Futebol (FSF), fosse concluída no mês de dezembro. "Sem resolver a situação do clube, que não tem dinheiro, não temos como retornar aos treinos. O elenco se encontra sem receber há quase três meses", concluiu.

Uma coisa é certa. Os onze componentes da comissão técnica continuam firmados com a diretoria itabaianense para a retomada do Estadual e Brasileiro da Série D.

Nenhum comentário: