domingo, 8 de julho de 2018

CONFIANÇA PERDE NA ARENA BATISTÃO

Time fez um bom primeiro. (Foto: FSF)
O Confiança sofreu a primeira derrota na Arena Batistão em partida válida pelo Brasileiro da Série C, diante o Náutico-PE. De virada o Timbu aplicou 3 a 2. Léo Ceará abriu o marcador para o Confianca, enquanto Robinho, Bryan e Luiz Henrique, assinalarem para os visitantes em mais uma participação desanimadora para os torcedores azulinos que compareceram na noite deste sábado e que viram o Confiança diminui com gol de Raí e nada mais.

A situação vem se complicando a cada jogo para o Dragão do Bairro Industrial. Se não bastasse a sequência de seis partidas só registrando empates, na noite deste sábado (7), diante a sua torcida, se tornou vexatória. De virada, com gol do "meio da rua", marcado pelo ala Bryan e depois pelo meia Luiz Henrique, na segunda etapa, o Náutico assumiu definitivamente, a segunda posição, enquanto o Dragão passou a ser ameaçado em deixar o G4 do Grupo A da competição nacional.

Os comandados de Luizinho Lopes até que começaram bem o jogo. Marcaram e atacaram deixando o Timbu pernambucano encurralado. Aos 13 minutos de partida, o atacante Léo Ceará, abriu o marcador na Arena Batistão, deixando sua torcida confiante na vitória. 

A liderança no placar durou  20 minutos, foi quando o meia atacante do alvirrubro,  Robinho, entrou na área pela esquerda e próximo a linha de fundo, sem ângulo, chutou rasteiro e a bola tocou ainda no ala proletário Ângelo, antes de entrar no gol defendido por Genivaldo, que esteve em noite infeliz. Primeiro tempo terminou 1 a 1.

Na etapa conclusiva, o Confiança veio com uma proposta diferente, saindo um atacante, no caso Iago, colocando o volante Flávio, para fechar mais o meio e não permitir os avanços do Náutico. Mesmo assim, os visitantes não estavam para levar empate ou derrota e correram atrás da vitória. 

Aos 15 minutos os comandados do tecnico Marcio Goiano, chegaram ao gol de virada num belo tento assinalado pelo ala Bryan, que dominou a bola no grande círculo e mandou um "pombo sem asa", aceito por Genivaldo. Não durou muito e o placar foi ampliado pelo meia Luiz Henrique, aos 18 minutos. Mas, o meia Raí, fez o segundo para  azulinos, ficando nisso mesmo. Final 3x2.

FICHA TÉCNICA 

CONFIANÇA: Genivaldo, Ângelo, Rodolfo Filemon, Vinicius Simon (Renato Camilo) e Radar; Everton Santos  (Thiago Silvy), Rafael Vila e Raí; Tito, Léo Ceará e Iago (Flávio). Técnico Luizinho Lopes.

NÁUTICO: Bruno, Bryan, Camutanga, Suelinton e Assis; Josa, Luiz Henrique, Jhonnathan e Robinho; Ortigoza (Wallace Pernambucano) e Dudu (Jobson). Técnico: Márcio Goiano.

Público pagante 2.376 para uma renda de R$ 34.202,00.

2 comentários:

Unknown disse...

A situação agora começa a preocupar!
Enquanto os outros estavam perdendo e empatando ainda dava para acreditar, mas agora o Confiança começa a perder enquanto os outros vencem! Lamentável.
Sérgio Dória

Adel Ribeiro disse...

Vedade Sérgio Dória. Tem algo errado nesse angu.