quinta-feira, 14 de outubro de 2021

Após decreto federal, Confiança integrará o Timemania

O torcedor proletário poderá apostar no Dragão no Timemania, loteria gerenciada pela Caixa Econômica Federal. A inclusão na lista trará benefícios para o clube azulino, entre eles recursos provenientes das apostas. O Confiança é, atualmente, 47º colocado no ranking da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Presidente do Confiança Hyago esteve presente.


O presidente Hyago França sempre defendeu a atualização da Timemania e participou de Audiências Públicas sobre o assuntos nos últimos anos ao lado do presidente do conselho, Glennyson Cruz. “Desde que a loteria foi criada em 2007, ocorreram muitas mudanças no futebol. Nestes 14 anos, o Confiança conquistou dois acessos e foi seis vezes campeão estadual, além de ter avançado até a semifinal da Copa do Nordeste no ano passado. O Dragão está crescendo e precisamos ocupar novos espaços. Agradeço e parabenizo o deputado federal Fábio Mitidieri por iniciar este debate, que foi essencial para esse desfecho positivo.”, destacou.

Por meio de decreto, o Governo Federal alterou os critérios de enquadramento dos clubes de futebol na Timemania, de forma que os integrantes do Campeonato Brasileiro séries A e B do último biênio poderão participar do sorteio.  O Confiança, que conquistou o acesso em 2019, passará a fazer parte da lista.

Os clubes recebem 22% do total arrecadado com a loteria. O montante utilizado na recuperação das dívidas dos clubes com a União, como pagamento de débitos com a Secretaria da Receita Federal do Brasil, com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Os apostadores escolhem um Time do Coração e dez números entre os 80 disponíveis. Os sorteios ocorrem três vezes por semana e são sorteados sete dezenas e um clube.

Em paralelo

O deputado Fábio Mitidieri já havia criado o Projeto de Lei nº 7751/17, que atualiza a cada cinco anos a relação dos clubes participantes da Timemania, seguindo o ranking da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

“Fiquei entusiasmado com a iniciativa do Executivo e seguirei articulando no Congresso a aprovação do meu PL que hoje está na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara para que ele seja aprovado trazendo justiça e benefícios aos que desempenha um bom resultado fora e dentro de campo.”, declarou o deputado.

O PL altera a Lei 11.345/06, que instituiu o parcelamento especial das dívidas dos clubes de futebol junto à União e a loteria Timemania, com o objetivo de criar uma fonte de receita para as agremiações que seria canalizada para o pagamento das prestações devidas.

Com informações da Agência Nacional de Notícia e da Agência Câmara de Notícias.

Nenhum comentário: