terça-feira, 27 de junho de 2017

UMA SUBSTITUIÇÃO QUE NÃO PEGOU BEM

"Achamos que naquele momento precisávamos de um time mais rápido".


Leandro Sena
Uma substituição mexeu com o brio dos torcedores proletários na tarde do último sábado, quando na realização do jogo entre Confiança e Botafogo/PB, resultando, posteriormente, no gol do alvinegro da Paraíba marcado por Rafael Oliveira. A saída de Mimica para a entrada do meia Tiquinho, efetuada por Leandro Sena.

Imagine, o melhor zagueiro do time numa partida ou até mesmo do jogo e de repente sai por opção do comando técnico. Foi o que ocorreu no último encontro pela Série C Brasileira, que acabou mexendo com a paciência da torcida. A saída de Mimica, da zaga azulina e a manutenção do zagueiro Matheus Salustiano, resultou em vaias e xingamentos por parte do torcedor.

Para o comandante técnico Leandro Sena, o torcedor está no papel dele, enquanto isso, a comissão técnica está ali para avaliar a atuação do time no jogo. 

"Achamos que naquele momento precisávamos de um time mais rápido. Não que o Mimica não estivesse bem. Por isso, deixamos Anderson e Matheus Salustiano, por serem mais rápidos, e colocamos no jogo o meia Tiquinho, mas, acabamos sendo surpreendido por uma bola parada", explicou o treinador azulino.

Retorno

Na reapresentação para os trabalhos visando o Fortaleza, na manhã da última segunda-feira, os jogadores que estiveram no encontro válido pela sétima rodada, participaram de trabalhos na academia e no campo com os preparadores físicos Rodolfo Mancha e Márcio Chagas. Os demais, reservas e não relacionas, participaram de treino técnico em campo reduzido com Leandro Sena e o auxiliar Bibi. A novidade foi o retorno do meia Everton Sena, liberado pelo DM azulino.

Nenhum comentário: