segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

Teatro Tobias Barreto pronto para receber os maiores nomes do esporte Olímpico do Brasil



Os maiores nomes do esporte olímpico do Brasil estarão desfilando na noite desta terça-feira, 7,  no palco do Teatro Tobias Barreto, quando da realização do Prêmio Brasil Olímpico (PBO), que é a maior premiação destinada a um atleta brasileiro. 


Organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) desde 1999, o Prêmio Brasil Olímpico chega a sua 22ª edição em um ano de recordes, na participação do Time Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A festa é considerada o “Oscar” do esporte brasileiro, quando os melhores atletas do país concorrem a diversos prêmios e são homenageados pela performance  durante o ano. 


O Prêmio Brasil Olímpico 2021 terá premiações como Melhor Atleta do Ano, Atleta da Torcida - o público vota em seu atleta favorito; Melhor Técnico -  a entrega do Troféu Adhemar Ferreira da Silva, destinado a personalidades do esporte que representem os valores que marcaram a vida e a carreira do saltador, como ética, espírito coletivo, eficiência técnica e física, respeito ao próximo e companheirismo - , entre outras. 


As novidades ficam por conta da criação de outras duas premiações: o Troféu TIM Transforma, para projetos que transmitam os Valores Olímpicos, e o Prêmio Inspire, uma homenagem da Riachuelo às mulheres de destaque no Movimento Olímpico do Brasil.

Melhor atleta - Ana Marcela Cunha, Rayssa Leal e Rebeca Andrade, no feminino e Hebert Conceição, Isaquias Queiroz e Ítalo Ferreira, no masculino, os quais concorrem ao prêmio de Melhor Atleta do Ano.


Medalhistas olímpicos nos Jogos de Tóquio: Ana Marcela Cunha (maratonas aquáticas), Rayssa Leal (skate) e Rebeca Andrade (ginástica artística), no feminino e Hebert Conceição (boxe), Isaquias Queiroz (canoagem velocidade) e Ítalo Ferreira (surfe), no masculino, concorrerão ao prêmio máximo da festa de gala do esporte brasileiro. Os vencedores serão revelados na noite desta terça-feira 7, na cerimônia que se realizará no Teatro Tobias Barreto. Em 2019, última edição do evento, os melhores do ano foram o ginasta Arthur Nory e a pugilista Bia Ferreira.


A sergipana Duda Lisboa, por duas vezes melhor atleta do mundo no Vôlei de Praia, não concorre ao prêmio de Atleta do Ano. Porém foi um dos 51 atletas premiados da noite. Duda receberá o troféu de melhor atleta do Brasil no Vôlei de Praia na atual temporada.  


 "Pela primeira vez no Nordeste o Prêmio Brasil Olímpico celebrará a melhor campanha da história do país em Jogos Olímpicos. Tenho certeza de que será uma grande festa em homenagem aos atletas, técnicos e a todos que contribuíram para esse resultado memorável em Tóquio", afirmou o presidente do COB, Paulo Wanderley. 


Serão premiados também os 51 melhores atletas em cada modalidade esportiva olímpica. Existe ainda a premiação do Atleta da Torcida. O processo para a escolha dos indicados a Melhor Atleta do Ano e dos melhores das modalidades foi realizado por um colégio eleitoral formado por jornalistas, dirigentes, comissão de atletas do COB, patrocinadores, ex-atletas e personalidades do "Conheça os vencedores em cada modalidade do Prêmio Brasil Olímpico 2021":

Atletismo - Alison dos Santos;

Badminton - Ygor Coelho; 

Basquete 3x3 - Fabrício Veríssimo;

Basquete 5 x 5 - Clarissa dos Santos;

Beisebol - Thyago Vieira; 

Boxe - Hebert Conceição;

Canoagem Slalom - Ana Sátila; 

Canoagem Velocidade -  Isaquias Queiroz; 

Ciclismo BMX Freestyle - Eduarda Bordignon;

Ciclismo BMX Racing - Renato Rezende;

Ciclismo Estrada – Vinícius Rangel;

Ciclismo Mountain Bike - Henrique Avancini;

Ciclismo Pista - Wellyda Rodrigues;

Desportos na Neve - Michel Macedo;

Desportos no Gelo - Nicole Silveira;

Escalada Esportiva - Felipe Ho Foganholo;

Esgrima - Nathalie Moellhausen;

Futebol - Richarlison; 

Ginástica Artística - Rebeca Andrade;

Ginástica de Trampolim - Camilla Gomes;

Ginástica Rítmica - Duda Arakaki;

Golfe - Alexandre Rocha;

Handebol - Bruna de Paula;

Hipismo Adestramento - João Victor Oliva;

Hipismo CCE - Carlos Parro;

Hipismo Saltos - Marlon Zanotelli;

Hóquei sobre Grama e Indor - Vinicius Vaz;

Judô - Mayra Aguiar;

Karatê – Vinícius Figueira;

Levantamento de Pesos - Jaqueline Ferreira;

Maratona Aquática - Ana Marcela Cunha;

Nado Artístico - Laura Miccuci e Luisa Borges;

Natação - Bruno Fratus;

Pentatlo Moderno - Danilo Fagundes;

Polo Aquático - Ana Beatriz Mantellato; 

Remo - Lucas Verthein;

Rugby - Isadora Cerullo;

Saltos Ornamentais - Kawan Pereira;

Skate - Rayssa Leal;

Softbol - Mariana Pereira;

Surf - Italo Ferreira; 

Taekwondo - Milena Titoneli;

Tênis - Luisa Stefani e Laura Pigossi;

Tênis de Mesa - Hugo Calderano;

Tiro com Arco - Marcus D’Almeida;

Tiro Esportivo - Felipe Wu;

Triathlon – Vittoria Lopes; 

Vela - Martine Grael e Kahena Kunze;

Vôlei – Fernanda Garay;

Vôlei de Praia - Duda Lisboa;

Wrestling - Laís Nunes.


Da Assessoria*

Nenhum comentário: